Leandro Lima

Android Design: conheça o guia da Google para desenvolvimento de apps

Por | Comentários: 2

Conheça as normas de design propostas pela Google para melhorar a interface de seus apps e a user experience do Android

Já usei um smartphone com Android e um iPhone. E vou te falar uma coisa: como é bonita e intuitiva a interface da Apple. O cuidado com os detalhes mínimos chegando a níveis semi-psicóticos do Steve Jobs fez com que não somente os produtos em si, mas os sistemas operacionais da Apple tenham uma qualidade gráfica e níveis de usabilidade acima da média. E este cuidado não se restringia só a produtos da maçã. Para ter seu app aprovado pela Apple e lançado no iPhone, os desenvolvedores e designers devem seguir uma série de cuidados gráficos e de usabilidade.

Concorrendo com isso, a Google tem um sistema aberto para qualquer um poder desenvolver. Sem avaliações prévias ou atenção ao design. Pra instalar algo você nem precisa acessar o Market. Pode fazer isso manualmente através do seu SD Card. Algo impossível nos aparelhos da Apple. Isso dá uma liberdade muito maior para a galera que desenvolve pra Android. E, por não passar por uma triagem, faz com que exista muitos mais apps para ele do que para iPhone. Porém, se em quantidade de apps o Android está na frente, em qualidade perde bastante para o iOS. Não que todos os apps da Apple sejam ótimos e os do Android ruins. Mas, a sensação que eu tenho é que a Apple se esforça para que os aplicativos de seus produtos não desfigurem ele, enquanto a Google só vai ter esta preocupação depois do sucesso do programa em seu OS. Até agora…

Acredito que perceberam que, apesar de ter uma quantidade imensamente maior de aplicativos que a Apple, uma quantidade pequena era realmente bonito, intuitivo e interessante. Eu já achava isso. Muitos aplicativos para o Android que eu encontro parecem feitos por sobrinhos, sem tomar nenhum cuidado com usabilidade, ícones ou estética. Alguns até tem propostas boas, mas o cuidado com o Design foi tão baixo que deixa de ser algo fácil de se usar. Para melhorar isso, foi posto no ar o Android Design, um site criado pela própria Google com o objetivo de ser um guia para os desenvolvedores. Nele existem dicas de usabilidade, principios de design, downloads de fontes que se adaptam melhor a dispositivos mobiles, paletas de cores, ícones, botões (e todas as interações que o usuário pode ter, como o comportamento que ele deve ter ao ser tocado, ao estar ativo, etc.)… enfim, uma série de dicas para fazer bons projetos.

Tenho notado uma preocupação da Google com o design de seus produtos. A empresa, que oferece serviços ótimos como o GMail, Google Reader, YouTube e o melhor sistema de busca do mundo nunca foi um primor em matéria de design. Até então, este era a principal falha que eu via nos serviços Google. Mas, de um tempo pra cá eles vem tomando decisões e redesenhando boa parte de seus sites. E devo admitir que eu estou gostando muito desta novo caminho que eles escolheram. Ver meus e-mails no GMail ficou muito melhor. O visual do YouTube evoluiu bastante. E até o Google Reader que, na minha opinião era o que tinha o pior design de todos, melhorou bruscamente depois do redesign dele!

Algumas dicas de design pelo google para desenvolvedores de Android (que podem ser úteis para qualquer UI Designer)

Desgin Elements

Objetos são mais legais que textos e botões: permita ao usuário tocar e arrastar objetos pelo seu app. As pessoas gostam disso. Poder organizar o app à sua maneira faz com que ele ganhe toques pessoais e a interpretação se torna mais rápida e intuitiva.

Use poucas palavras: textos longos e formais são chatos. As pessoas tendem a gostar mais de frases breves e palavras simples.

Considere imagens para explicar idéias: além de conseguir atingir um público maior, pois não tem a limitação da língua, as imagens são interpretadas de maneira mais rápida pelo usuário.

Mostre-me o que eu preciso apenas quando eu precisar: pessoas odeiam ser interrompidas por atividades que não são fundamentais para aquele momento. Nas telas do seu app mostre apenas as opções fundamentais para interagir com ele naquele momento. Mas cuidado para não tornar as demais opções inacessíveis. Esconda-a, mas sempre deixe claro onde elas estão.

Eu sempre preciso saber onde eu estou: óbvio e auto explicativo. Sempre diga ao usuário onde ele está e como voltar e acessar as demais telas do se app.

Botões

Se tem o mesmo visual deve fazer a mesma coisa: princípio básico pré-gestaltiano. As pessoas são guiadas pelas experiências anteriores. Se um botão azul, em determinado momento, faz a pessoa acessar determinada tela, quando ela ver o mesmo botão novamente o usuário esperará que o leve ao mesmo local. Não deixe o usuário confuso criando botões exatamente iguais mas com ações completamente diferentes.

Me interrompa apenas se for algo muito importante: auto explicativo, né?

Façam as coisas importantes serem mais rápidas e acessíveis que as menos importantes: nenhuma ação é exatamente igual ou toma exatamente o mesmo tempo para acontecer. Deixe as ações mais importantes do seu app acessíveis e rápidas de serem localizadas e executadas. Por exemplo: botões de play e pause para uma música ou um botão para compartilhar uma foto em redes sociais. Em muitos casos o usuário quer fotografar e enviar a foto para a internet com rapidez. Deixar estes botões com um acesso rápido vai fazer seu app ser mais intuitivo e deixar seu user mais feliz.

O céu é o limite…

Android 4.0

Imagino que vai ter aquele desenvolvedor chato que vai achar que seguir essas medidas limitam a criatividade. Muito pelo contrário. Saber usar esses princípios básicos do design ao seu favor faz com que seu aplicativo seja muito mais fácil de ser utilizado, aumentando o seu alcance e popularidade.

Eu sinceramente espero que essa medida do Google estimule os desenvolvedores a criar apps melhor projetados. Pra falar a verdade, eu sonho com o mundo ideal onde os desenvolvedores e os designers convivam em perfeita harmonia, projetando e desenvolvendo em equipe e fazendo sempre o melhor para o usuário… Mas, enquanto isso não acontece, que tomem pelo menos cuidados básicos na hora de construir interfaces. Os donos de Android agradecem! ;)

Tags: > ,

Leandro Lima

Leandro Lima

Designer, palestrante, nerd e co-fundador da PopUp junto com a Dani Guerrato. É apaixonado por criatividade e tecnologia. Trabalha com UX Design e Design de Interfaces há mais de 8 anos. Adora jogar xadrez, é fã do Rubens Barrichello e acredita que o universo tem 10 ou 11 dimensões.

Você pode achar o Leandro por aqui: Facebook - Twitter - - Instagram - LinkedIn

  • http://www.facebook.com/marquin.freitas Marcos Freitas

    Eita, olha a Google sendo mãe de todo mundo aew :D ótimas dicas;

  • Henrique Fernandes Cipriano

    Excelente texto! Essas dicas de design são essenciais!

Postamos coisas legais aqui


Google

Adicione no GOOGLE+

Instagram

Siga nosso perfil no INSTAGRAM

Quer utilizar o conteúdo do BlogUp?

Gostamos de compartilhar conhecimento por isto os textos sa seção Blog são licenciado sob Creative Commons com as condições: Atribuição - Não Comercial - CompartilhaIgual.

Em português claro, você pode reproduzir este artigo se cumprir TODOS os requisitos:
1. Ninguém esteja lucrando nada em função disto.
2. Exista crédito para a PopUp Design e o autor do post em um local claro com link para o conteúdo original.
3. O material derivado seja distribuido da mesma maneira.

Obs 1. Leia a licença completa para entender todos os termos.
Obs 2. Se o seu site tiver qualquer tipo de anúncio, como AdSence, por exemplo, isto já é considerado fim comercial e portanto você não pode reproduzir o texto.
Obs 3. Se você gostaria de utilizar este material sob outros termos e/ou possui dúvidas envie um e-mail contato@popupdesign.com.br e requisite uma autorização.